quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Joelmir Beting morre aos 75 anos

Joelmir Beting morre aos 75 anos

247 - Morreu no início da madrugada desta quinta-feira (29) o jornalista Joelmir Beting, aos 75 anos. Ele estava internado desde o dia 22 de outubro no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e, no domingo (25), sofreu um acidente vascular encefálico hemorrágico (AVE).
A morte foi comunicada pelo filho, o também jornalista Mauro Beting, pelo Fabebook: “um minuto de barulho por Joelmir Beting: 21 de dezembro de 1936 - 0h55 de 29 de novembro de 2012”.
Nascido em Tambaú, no interior paulista, ele iniciou a carreira como repórter esportivo nos jornais "O Esporte" e "Diário Popular". Em 1962, migrou para o jornalismo econômico, ao se formar em sociologia. Em 1968, virou editor de economia do jornal “Folha de S.Paulo”. Em 1970, ele passou a escrever uma coluna diária sobre o tema, publicada por 34 anos e reproduzida em mais de 50 jornais pelo país. Em março de 2004 voltou ao grupo Bandeirantes. Permaneceu até hoje como comentarista econômico nas rádios Band News FM e Bandeirantes, e também do Jornal da Band, na TV. Também era um dos âncoras do programa de entrevistas “Canal Livre”.
Foi como jornalista econômico que Joelmir Beting ficou marcado, mas seu nome virou história logo no início da carreira ao criar a expressão "gol de placa", após uma partida entre Santos e Fluminense, no Maracanã, no dia 5 de março de 1961. No jogo vencido pelos santitas por 3 a 1, Pelé marcou um gol tão fantástico que ele pediu ao jornal "O Esporte" que encomendasse uma placa para ser fixada no saguão do estádio, em homenagem ao feito. A partir de então, todo golaço passou a ser chamado de gol de placa.
Joelmir Beting era casado desde 1963 com Lucila, com quem teve dois filhos - além do jornalista Mauro, que trabalha como apresentador esportivo, ele é pai do publicitário Giangranco. Ele também é tio do jornalista Erich Beting.

 

Lance!Press - 3 horas atrás

O jornalista econômico do Grupo Bandeirantes Joelmir Beting, morreu na madrugada desta quinta-feira à 0h55, em consequência de um acidente vascular encefálico hemorrágico (AVE) ocorrido no último domingo. A informação foi confirmada pelo filho Mauro Beting, que é colunista do LANCE!, LANCE!Net e L!TV, pelo Twitter, com a mensagem: "Um minuto de barulho por Joelmir Beting."
Aos 75 anos, o palmeirense Joelmir estava internado desde 22 de outubro no Hospital Albert Einstein, na capital paulista, por causa de complicações renais, resultantes de uma doença autoimune.
Nascido em Tambaú, no interior paulista, ele iniciou a carreira jornalística como repórter esportivo nos jornais "O Esporte" e "Diário Popular". Trabalhou também na rádio Pan-Americana, que anos depois se tornaria a Jovem Pan (SP). Em 1962, ao se formar em sociologia, migrou para o jornalismo econômico, no qual se tornou especialista.
Mas foi no início da carreira que Joelmir marcou seu nome na história ao criar a expressão "gol de placa", após uma partida entre Santos e Fluminense, no Maracanã, no dia 5 de março de 1961. No jogo vencido pelos santitas por 3 a 1, Pelé marcou um gol tão fantástico que Joelmir Beting pediu ao jornal “O Esporte” que encomendasse uma placa para ser fixada no saguão do estádio, em homenagem ao feito. A partir de então, todo golaço passou a ser chamado de gol de placa.

Nenhum comentário: