sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Dilma reafirma meta de acabar com a miséria até 2014

Dilma reafirma meta de acabar com a miséria até 2014

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira que a grande preocupação de seu governo é com a chamada pobreza extrema e que está comprometida em acabar com a miséria até 2014. "Temos uma preocupação com a pobreza extrema. Ninguém nos respeitará se deixarmos uma parte do nosso povo em condição de pobreza extrema", disse a presidente, durante cerimônia de entrega de 25 máquinas retroescavadeiras a municípios do Piauí e de 400 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida em Teresina.
Segundo a presidente, no passado, achava-se que era possível o País se desenvolver e as pessoas ficarem para trás e que o Brasil pode crescer "se as pessoas crescerem junto com ele". De acordo com ela, 700 mil pessoas já saíram da pobreza extrema só no Piauí. A presidente ressaltou que milhares de brasileiros já saíram da pobreza em 2012 e que neste ano será possível erradicar a pobreza na maioria dos Estados.

Em seu discurso, Dilma reafirmou que tem compromisso com a educação. "Tenho uma teima em melhorar a educação do nosso País. Eu acredito que a educação é fundamental", disse. A presidente ressaltou que haverá oportunidade de emprego para quem tiver o ensino médio e que o governo pretende construir mais seis escolas técnicas no Estado até 2014.

Citando a ajuda federal no combate à seca, Dilma anunciou que prorrogou o programa Bolsa Estiagem. Segundo ela, o governo está empenhado em ajudar as vítimas da seca. "Sabemos que é possível conviver com a seca usando todos os instrumentos, primeiro para enfrentá-la com obras estruturantes", disse.

Nenhum comentário: