quarta-feira, 10 de abril de 2013

Dilma condecora maestro de orquestra venezuelana com Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul

Dilma Rousseff condecora o maestro da Orquestra Sinfônica Simón Bolívar, José Antônio Abreu, com a comenda Grã Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Dilma Rousseff condecora o maestro da Orquestra Sinfônica Simón Bolívar, José Antônio Abreu. com a comenda Grã Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
A presidenta Dilma Rousseff conferiu, nesta terça-feira (9), a José Antônio Abreu, maestro da Orquestra Sinfônica Simón Bolívar, da Venezuela, a comenda Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul. Participaram da cerimônia os ministros de Relações Exteriores, Antônio Patriota, e da Cultura, Marta Suplicy; o chanceler da Venezuela, Elias Jaua; o embaixador da Venezuela no Brasil, Maximilien Arveláiz; e o embaixador do Brasil na Venezuela, José Antônio Medeiros de Carvalho.
Às 21h, a Orquestra Sinfônica Simón Bolívar apresenta, sob a regência de Gustavo Dudamel, na sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro, em Brasília, a “Sagração da Primavera”, de Stravinsky, e “La Noche de Los Mayas”, de Revueltas.

Nenhum comentário: