quinta-feira, 30 de abril de 2015

DHAMMAPADA - Tradução de Thanissaro Bhikkhu e R. Samuel


DHAMMAPADA - Tradução de Thanissaro Bhikkhu e R. Samuel 



7-8 *: 
 Aquele que permanentemente busca o belo, 
 é desenfreado com os sentidos, 
 não tem nenhuma moderação em comida, 
 apático, sem energia: 
 Mara o supera 
 como o vento, uma árvore fraca. 

Aquele que é atento aos seus próprios erros, 
 contido com respeito aos sentidos, 
 tem moderação em comida, 
 cheio de convicção e energia: 
 Mara não o supera 
 como o vento uma montanha de pedra. 

9-10: 
 Ele que, depravado, 
 destituído 
 de veracidade 
 e autocontrole, 
 veste o manto de ocre, 
 não merece o manto de ocre. 
 Mas ele que é livre 
 de depravação 
 dotado 
 da veracidade 
 e autocontrole, 
 bem estabelecido 
 nos preceitos, 
 verdadeiramente merece o manto de ocre. 

Nenhum comentário: